MAXILARIS NA MÍDIA – Revista Saúde Rio Preto Ed. Nº 7 – Matéria: Sorriso Gengival

➡️ A Maxilaris Odontologia participa de mais uma edição da Revista Saúde – Rio Preto. O tema abordado pelo Dr. Renato Jordão e também pela Dra. Juliana M. Campos é o SORRISO GENGIVAL.

Leia a matéria na íntegra ou acesse o link: http://bit.ly/2iF2WEC
SORRISO GENGIVAL
A busca do sorriso ideal não passa apenas pela cor e posicionamento dos dentes, contrariando o que a maioria das pessoas imagina. A quantidade de gengiva que mostramos durante nosso sorriso muitas vezes desequilibra a harmonia. De nada adianta dentes brancos e alinhados, se a gengiva não colabora.
Esse tipo de sorriso em que a gengiva aparece em demasia é chamado “Sorriso Gengival”. O padrão normal de aparecimento de gengiva é 1 mm no máximo, sendo considerado desarmônico acima desse valor.
O sorriso gengival pode ser o responsável por causar constrangimento a uma pessoa durante o ato de sorrir, interferindo inclusive no fator psicológico.
O tratamento depende de vários fatores e da quantidade de gengiva que a pessoa mostra ao sorrir. Poderá ser necessário cirurgia, procedimentos periodontais (gengiva) e ortodontia para correção e o cirurgião dentista é o profissional mais capacitado a realizar esse diagnóstico. A aplicação de toxina botulínica vem a ser um tratamento alternativo nesse contexto, além de ser simples e rápido na melhora desse problema e realizado tranquilamente em clinicas especializadas. A aplicação de toxina no músculo responsável pela elevação do lábio superior faz com que ocorra um relaxamento das fibras musculares e consequentemente o lábio não se eleve tanto durante o sorriso, diminuindo a faixa de gengiva que anteriormente ficava aparente, deixando o sorriso mais harmônico e bonito.
Os resultados são percebidos quase que imediatamente, ficando melhores após 15 dias da aplicação.
Na busca por um sorriso mais bonito os detalhes são fundamentais e fazem toda a diferença. O sorriso é uma expressão de alegria e felicidade e nunca poderá estar associado ao constrangimento e a vergonha.